Home » Dicas » Os termos usados nos editais

Os termos usados nos editais

Fique por dentro das principais informadas trazidas nos editais

Dicas_TEC

Muitas pessoas querem garantir estabilidade profissional e procuram passar em concursos públicos para isso. Mas, como fazer para ficar por dentro desse mundo de concursados?

O Tudo em Concurso traz, a partir de hoje, dicas para ajudar no entendimento de todos, desde o mais leigo até àqueles que já tentam, há algum, passar sem sucesso em algum concurso público.

Para iniciar a nossa coluna, o primeiro texto vai abordar os termos mais utilizados que aparecem em todos os editais, seja ele qual for.

O edital:

Não podemos começar a falar sobre os termos do edital, sem explicar o que ele representa. Os editais são publicados no Diário Oficial da União, do município ou do estado. Neles, são mostradas todas as informações referentes a determinado concurso, como a quantidade de vagas, a forma de inscrição, as remunerações, os requisitos exigidos e até mesmo o que será cobrado na prova. A leitura completa do edital é essencial para os candidatos.

Fique atento: muitos concursos divulgam os editais e nos dias seguintes soltam retificações. É importante o candidato estar sempre atento para não deixar nenhuma informação passar batido.

Cadastro de reserva:

São as vagas que não são imediatas, ou simplesmente ainda não existem. Quando os órgãos oferecem esse tipo de oportunidade, chamam os candidatos aprovados de acordo com a necessidade. Pode ser que demore a ser chamado, ou pode ser chamado em pouco tempo, mas não há um período determinado para isso.

Vale lembrar que nem todos os concursos oferecem cadastro de reserva.

Requisitos:

São as condições exigidas para que os candidatos possam fazer parte oficialmente do grupo de funcionários de determinado órgão público. Muitas vezes os requisitos pedem o grau de escolaridade. Há, também, em menor escala, pedidos de idade e formação superior em alguma área específica.

Os requisitos só são cobrados após a aprovação inicial dos candidatos nas fases eliminatórias do concurso. Ou seja, isso não impede que as pessoas realizem provas para conhecimento próprio.

Remuneração:

São benefícios que serão recebidos pelos candidatos aprovados.

Taxa de inscrição:

É o valor cobrado pelas organizadoras/órgãos para a realização dos concursos. Não há um valor específico para cada cargo, mas os cargos que oferecem menor remuneração e exigem menor nível de escolaridade são mais baratos do que os cargos mais completos.

Banca examinadora:

É a instituição responsável pela organização e aplicação das prova dos concursos. Os candidatos podem acessar os respectivos sites dessas instituições para colher mais detalhes sobre o concurso.

É importante saber quem são essas instituições para que os candidatos consultem provas anteriores e consigam compreender a forma de abordagem que elas oferecem para não serem surpreendidos durante o concurso.

Prova objetiva e discursiva:

A prova objetiva é a tradição escolha de uma das alternativas em perguntas de múltipla escolha. Podem ser abordadas com a marcação de C (certo) ou E (errado) também.

Já a prova discursiva é a prova em que os candidatos devem escrever as respostas, geralmente em forma de redação. Mas também ser cartas ou análises de casos.

Conteúdo programático:

São as matérias e temas que serão cobrados nas provas. Aqui está a importância do candidato estar por dentro do edital: é neste tópico que ele irá basear os seus estudos.

Gabarito (preliminar e final):

O gabarito preliminar é aquele divulgado pouco tempo depois da realização das provas. Quando os candidatos discordam de determinadas respostas, eles podem entrar com recursos para que a organizadora analise o caso e a corrija caso realmente houver erros.

Quando esse período é finalizado, acontece a divulgação do gabarito final que vai determinar quais os candidatos aprovados ou não nesta fase dos concursos.

Recursos:

Como já citado é a oportunidade que os candidatos têm em não concordarem com alguma decisão do concurso. A forma de uso dos recursos é estabelecida por meio do edital.

Homologação:

É o período final dos concursos. Significa que o candidato faz parte oficialmente da administração pública.

Autor

Tudo em Concursos

Número de entradas :1252


comentários (1)

    © 2011 - 2014 Todos Direitos Reservados - Tudo em Concursos

    Voltar para o topo